Milhões de brasileiros usam o celular para fazer pequisas de preços

, , Leave a comment

O celular virou um instrumento de auxílio para o consumidor brasileiro antes de fazer suas compras, sejam elas de bens físicos ou digitais. A prática é adotada por 66% dos usuários de telefonia celular no País, de acordo com estudo realizado pelo Mobile Entertainment Forum (MEF). O crescimento em relação ao ano passado foi significativo: a edição do estudo em 2011 verificara um percentual de 47%.

Foram consideradas atividades como busca por lojas, comparação de preços e avaliação de produtos. O uso de cada tipo diferente de pesquisa no celular é detalhado no levantamento: 40% dos usuários brasileiros procuram por informações sobre produtos e serviços; 32% pesquisam para uma compra futura; 27% verificam preços; 26% buscam por lojas físicas próximas; e 10% usam cupons móveis para desconto.

Analisando-se somente a compra de bens digitais, o que inclui ringtones, apps, música e games, o estudo do MEF verificou que 58% dos usuários brasileiros adquirem esse tipo de conteúdo em seus telefones. No ano passado, o percentual era de 47%. Se combinados bens físicos e digitais, o percentual de brasileiros que compram pelo celular é de 67%, o que representa uma leve queda em relação ao estudo do ano passado, quando foi apontado um percentual de 70%. Cabe lembrar que não necessariamente quem compra pelo celular, especialmente bens digitais, realiza pesquisas prévias pelo aparelho: isso explica um percentual mais alto de brasileiros que compram em mobilidade do que de brasileiros que pesquisam pelo celular.

Fonte: Mobile Time